Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
FLUMINENSE – Eu visto esta camisa
10/02/2020 15:39 em Coluna do Cordel

 Autor: Ivaldo Batista

Visite a Coluna do Cordel - CLIQUE AQUI!

 

Vou escrever sobre um time 

Do Rio que tem valor

O clube das laranjeiras

O meu Fluzão tricolor

Só venho aqui dizer isto

É a camisa que eu visto

Sou um fiel torcedor.

 

É um time vencedor

O seu jogo nos convence

Pense num clube de glórias

Que vence é o meu nense

O meu Rio de janeiro

Torce o ano inteiro

Pelo grande Fluminense.

 

Esse clube nos pertence

É um time de guerreiros

Somos todos pó de arroz

Querido dos brasileiros

Seu mascote é um cartola

O time é bom de bola

No Brasil é dos primeiros.

 

Por aí no mundo inteiro

O time joga um bolão

Quando o Fluminense chega

É grande a emoção

O time impõe respeito

É o time do meu peito

Está no meu coração.

 

Sobre sua fundação

Em vinte e um do mês sete  (21.07)

Mil Novecentos e Dois (1902)

Já são cento e dezessete

Anos pra comemorar

Não  dar para comparar

Vamos só jogar confete.

 

Vou fazer uma maquete

Perfeitamente igual

Representando meu time

E sua sede social

É sonho de torcedor

Movido pelo amor

A um time maioral.

 

O Fluminense é legal

É uma agremiação

Poli desportiva e mais

Cultural por tradição

Sociedade civil

É orgulho do Brasil

Futebol é uma missão.

 

Sobre sua fundação

O Oscar Cox fundou

Na rua marquês de Abrantes

Foi ali que ele criou

Cinquenta e um foi a casa

Bairro Flamengo deu asa

O sonho se realizou.

 

Ele nem imaginou

Ali naquele lugar

Que um clube de aristocratas

Como podemos chamar

Time da Aristocracia

Logo cedo cairia

Bem no gosto popular.

 

Olha só quem estava lá

Pude ver lá nos anais

Nos primórdios o  tricolor

Pelas festas sociais

Lá estavam os torcedores

Sócios e frequentadores

Famílias tradicionais.

 

Está entre os maiorais

Entre as grandes torcidas

É um time de primeira

Tantas glórias já vividas

Num país continental

O Fluzão é maioral

Tantas partidas vencidas.

 

Sua torcida querida

No Brasil é muito amada

Vou lá na famosa sede

Que hoje está situada

No bairro das Laranjeiras

Onde de todas maneiras

A sede é visitada.

 

Com suas cores estampadas

Verde Branco e Grená

No início branco e cinza

Mas pouco pôde durar

Há dois anos vinha usando

Mas o tecido faltando

Não deu, teve que mudar.

 

A decisão de trocar

A camisa anterior

Ocorreu depois de lida

 A carta do exterior

Da Inglaterra chegou

E daí se concordou

O Flu mudou a tal cor.

 

Fluminense já prestou

Tanto serviço ao esporte

À cultura do Brasil

No gramado tem mais sorte

Clube dos mais populares

Respeitado nos lugares

Sempre foi um time forte.

 

Um time de grande porte

Foi até reconhecido

De utilidade pública

Por um decreto obtido

Confirme a informação

No Diário da União

Pra ficares convencido.

 

Esse meu time querido

Teve conquistas assim

Novembro de Vinte e seis (1926)

Está publicado em fim

No diário oficial

Com taça internacional

É nossa a VULCAIN.

 

Vamos tocar o clarim

Informando cada fato

Das conquistas do fluzão

Do seu tetra campeonato

Mil novecentos e nove (1909)

E Um nove dezenove (1919)

Teve o tri eu constato.

 

Só pra constar no relato

O poder formalizou

Dia 21 de julho

A Câmara destinou

É dia do fluminense

O torcedor se convence

Que muito o Flu conquistou.

 

O Brasil todo gritou

Cada momento de glória

Entre as já alcançadas

Pra refrescar a memória

Tem a Olímpica taça

Êita que time de raça

E que bela trajetória.

Foi uma grande vitória

No cenário mundial

Honraria com status

Conquista internacional

Dada pelo comitê

Olímpico foi por ser

Um modelo ideal.

 

Fluminense alto astral

Orgulho do meu Brasil

O mundo testemunhou

O povo deu nota mil

O Flu tão bem se coloca

Viva o time carioca

Taça Rio no seu perfil.

 

Para quem não descobriu

Não lembra dessa vitória

No ano Cinquenta e dois

É só buscar na história

Essa copa teve um brilho

No Estádio Mario filho

A torcida viu a glória.

 

Essa notícia é notória

Aqui eu sou específico

O meu Flu já conquistou

Esse título magnífico

Quero lembrar o seguinte

É campeão século vinte

Com título honorífico.

 

Sou um poeta pacífico

Não gosto de resenhar

Mas a razão desse título

Que acabei de citar

No século que passou

O Flu foi quem conquistou

Mais título nesse lugar.

 

Ainda quero lembra

Competições mundiais

O Fluminense é destaque

Em todos estaduais

Em taças São Paulo Rio

Encara o desafio

Nesses jogos nacionais.

 

Nos jogos oficiais

Eu garanto meu acento

E até nos amistosos

Sou um torcedor atento

Minha missão é sublime

Acompanhar o meu time

Vou até pra treinamento.

 

Citei até o momento

Glórias que foram alcançadas

Um cordel é muito pouco

Pra todas serem citadas

Digo mas não por vanglória

É Retumbante de glórias

No lema são reveladas.

 

Informações repassadas

Sobre a fama que ostenta

Foi “Máquina tricolor”

Ao fim dos anos sessenta

O líder foi Rivelino

Eu ainda era menino

O time me representa.

 

Minha paixão só aumenta

Lembro os craques do passado

Castilho, Fred, Telê

Rivelino já citado

Branco, Ézio e Pinheiro

Esse foi grande zagueiro

O torcedor está lembrado.

 

Tenho também recordado

Conca, Assis e Didi

O Carlos Alberto Torres

Waldo eu lembro aqui

Gerson, Marcos e Carneiro

O Marco era mineiro

Conforme escritos que li.

 

Alguns desses, eu já vi

Abel Braga no cenário

Teve o Renato gaúcho

Washington e Romário

Thiago Silva e Preguinho

Romerito com carinho

Paraguaio visionário.

 

Abrindo hoje o diário

Vejo o atual plantel

Guilherme, Júnior Sornoza

Júlio César, Muriel

Caio, Matheus e Bryan

Tem Peterson e Allan

Everaldo e Daniel.

 

Citando mais no cordel

Rodrigo e Bruno Pereira

Yony e Paulo Henrique

Kelvin e Yuri Oliveira

Pablo, Wellington Nem

Marcos Felipe também

Brenner e Douglas Moreira.

 

Tem João Pedro Junqueira

Mateus Gonçalves e Frazan

Luccas Claro, Marco Paulo

De Francinilson sou fã

Gilberto, Airton Ribeiro

Tem Agenor o goleiro

Nessa equipe campeã.

 

Vou ver o jogo amanhã

Ver Matheus Ferraz, Nenê

Igor Julião, Ewandro

Marcos Calazans, vou ver

Leo Santos e Orinho

Pedro faz esse golzinho

Para o Fluzão vencer.

 

O torcedor vai torcer

Joga Marlon e Luciano

Leonardo e Rodolfo

Vamos ganhar esse ano

Vamos dar sangue e suor

Cada um dar seu melhor

Vencer é sempre o plano.

Sabe por que me ufano

A razão está na cara

O meu Flu já conquistou

Tantas taças e não pára

Essa é nossa cantiga

Papou a taça da liga

E a taça Guanabara.

 

Com o Flu não se compara

Ele encara o desafio

Papou a taça Colombo

Já ganhou a copa Rio

Já mostrou para que veio

Tem a taça do torneio

Por isso o reverencio.

 

No Fluminense eu confio

Feito tantos torcedores

Já temos a copa Brasil

Até a Libertadores

Com 4 brasileirão

100 troféus na coleção

Somos mais que vencedores.

 

Torcedores tricolores

Escutem o que vou dizer

A torcida é energia

Para o time vencer

Pulando feito pipoca

Os troféus do Carioca

Tem mais de trinta pra ver.

 

Vamos todos conhecer

Pra você ficar ciente

O seu Mário Bittencourt

É no Flu o presidente

Paulo e Marcelo Penha

Celso Barros tem a senha

Também eu sou assistente.

 

Só tem gente competente

Valente o Fluzão ganha

Tem Marcão o treinador

Fazendo boa campanha

Marcos assistente fiel

Edvaldo e Daniel

Sua ajuda é tamanha.

 

Estou junto na campanha

Nós vamos participar

Vamos dar a nossa força

Ser sócio é patrocinar

Brasileiros, brasileiras

O clube das laranjeiras

Vamos todos apoiar.

 

Vamos com o time jogar

Somos participação

Por que todos querem ver

Nosso Fluzão campeão

A força desta torcida

Ativa e decidida

Vem de cada coração.

 

A força vem da união

Nossa torcida já tem

Vamos apertar os laços

E convidar mais alguém

Dizer isto nem precisa

Eu visto esta camisa

Chico Buarque também.

 

Quem quer vir comigo vem

Com você estou contando

Vem também participar

Com o Flu eu estou jogando

Com ele em campo entramos

Junto com o time jogamos

Nosso Fluzão vai ganhando.

 

O cordel está terminando

Agora eu estou saindo

Ao torcedor Fluminense

Eu estou me dirigindo

Dedico a todo o atleta

Se eu cumpri minha meta

Um abraço, eu vou indo.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!