Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Del Feliz lança “Dueto Feliz” com participação de Cláudio Lins
16/07/2021 16:25 em Lançamentos

Os artistas escolheram a canção  “Lamento Sertanejo” de Gilberto Gil e Dominguinhos. 

“Claudinho é um artista que, assim como eu, tem uma linda relação de família com a arte. Um profissional que admiro e acompanho desde sempre. Tive a felicidade de conhecê-lo nesse projeto e sem dúvidas, ganhei um amigo pra a vida” – declara Del Feliz. 

O lançamento “Lamento Sertanejo (Gilberto Gil e Dominguinhos) com Del Feliz e Claudio Lins é o oitavo do projeto “Dueto Feliz”, uma série de duos com personalidades marcantes da música brasileira, que estão sendo publicados no canal DEL FELIZ OFICIAL, no youtube. 

 

O primeiro clipe do projeto, com a participação de Gilberto Gil, continua disponível no canal do cantor através do link: Gilberto https://www.youtube.com/watch?v=YXLBZNnHsus 

Outros clipes do projeto que já fora publicados:

Nando Cordel: https://www.youtube.com/watch?v=Js6ABvptTv4, o de

Dudu Nobre: https://www.youtube.com/watch?v=eptLhnyGGXQ

Mariana Aydar: https://youtu.be/cnC5cEapwrA

Emanuelle Araújo: https://youtu.be/rt8UdZwTnQg

Flávio José: https://www.youtube.com/watch?v=2NmowyU22x8

Elba Ramalho: https://www.youtube.com/watch?v=XVb97aA0_SA 

Além de Gilberto Gil, Nando Cordel, Dudu Nobre, Mariana Aydar, Emanuelle  Araújo, Flávio José, Elba Ramalho e Claudio Lins, já estão confirmados no projeto nomes como: Roberta Miranda, Tatau, Tato do Falamansa, Jair Oliveira, Santanna, Carla Visi e muitos outros. 

Em respeito à pandemia e as normas estabelecidas pela OMS, todos os vídeos estão sendo gravados separadamente. Del Feliz gravou em Andaraí, na Bahia. Já Claudio, no Rio de Janeiro, onde mora. 

 

Sobre Del Feliz: 

Cantor e compositor, nascido em Barreiros, Riachão do Jacuípe, premiado internacionalmente, é padrinho nacional da campanha de Registro do Forró como Patrimônio Cultural do Brasil.  

Com 20 anos de carreira, 20 CDs e 3 DVDs lançados, destaca em seu trabalho o São João da Bahia e do Brasil, além da importância do Nordeste na formação da identidade cultural do país. 

Aliado ao projeto “Dueto Feliz”, o artista tem produzido uma série de músicas temáticas, a exemplo de “Abra a porta” (diversidade), “Ser mais do que ter” (sensibilidade humana/empatia), “Eu sou o São João" (cultura), “Terra mãe” (ecologia),“Pra gente se abraçar” (cuidados durante a pandemia/ mensagem de esperança), “A essência dela” (homenagem às mulheres), “Certo ou Errado” (polarização de uma forma poética e filosófica) ,“Mais um de nós” (que responsabilidade de cada um na construção de um mundo melhor) e “Uma dose de esperança” (importância da vacinação). 

Em breve será lançada a música “Lê”, também de sua autoria, que traz uma mensagem importante de incentivo à leitura, nesse momento de impacto da pandemia também na educação.

Entre homenagens e premiações, o cantor coleciona os títulos de Comendador de Salvador e da Bahia, além de dezenas de títulos de cidadania. Recebeu, inclusive, da LBV em New York, o título de Mérito em Solidariedade, em reconhecimento à sua dedicação na área social. Também foi um dos condutores da Tocha Olímpica, em 2016, pelo que representa a sua história de vida e trajetória na música. 

Em 2019 recebeu pela quarta vez o maior prêmio da música nordestina, o Troféu Gonzagão, considerado o “Oscar Nordestino”, dessa vez, pela música autoral “Eu sou o São João”, gravada com a participação de cerca de 40 cantores, principais representantes nos festejos juninos da Bahia. Atualmente o hino é divulgado em três diferentes idiomas: espanhol, francês e inglês e foi aprovado pela Assembléia Legislativa do Estado, como Hino Oficial do São João da Bahia.

Em 2021 ganhou o Troféu Bahia Junina (Rede Bahia) com a música "Pra Te Ninar". A canção foi eleita a melhor música do São João, através de votação popular, com mais de 50% dos votos. 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!