Alcymar Monteiro lança CD "Feliz da Vida"
30/03/2018 12:29 em Lançamentos

O forrozeiro Alcymar Monteiro, que tem mais de 30 anos de carreira e mais de cem álbuns, incluindo coletâneas e discos ao vivo, acaba de lançar o álbum “Feliz da Vida”, com 16 canções, grande parte de sua autoria.

Elba Ramalho participa da faixa Círio de Nazaré, composição de Alcymar.  – “Elba nos emprestou a sua voz linda. Ela continua um juriti, cantando bonito como sempre”, diz Alcymar, em referência à ave conhecida por seu canto característico.  Outra canção, Meninos do Brasil, faz referência à Seleção Brasileira: “Tá lindo/ Tá Bonito/ Vamos Lá, Brasil, é gol, é gol, é gol/ Golaço do Brasil”, diz a letra. E Alcymar, que acompanha futebol, diz que está otimista com o desempenho do Brasil na Copa da Rússia: “Acho que podemos ganhar. Tenho visto outras seleções e o Brasil está acima delas. 

Preocupado com os rumos que o forró tradicional pode ter, Alcymar já se engajou numa luta pela manutenção do ritmo marcadamente nordestino.  O músico, junto com colegas, trabalha pela aprovação da Lei Luiz Gonzaga, para preservar as tradições juninas: “Os artistas que não cumprirem as exigências da Lei não vão ter direito a patrocínio de governo federal, municipal, nem estadual”, revela Alcymar, que espera ver a Lei Luiz Gonzaga ser votada muito em breve.

O forrozeiro reclama da falta de apoio do governo à cultura tradicional, especialmente ao Nordeste: “O Ministério da Cultura, historicamente, é um factoide: nunca ajudou as classes menos favorecidas. Só atua no eixo Rio-São Paulo e o resto do país para ele não tem importância. Eles esquecem que nomes muito importantes de nossa cultura, como Caetano Veloso, Gilberto Gil e Patativa do Assaré são do Nordeste. Não sei sequer o nome do ministro e eu o ignoro”.

O verdadeiro forró precisa ser preservado e receber mais apoio do Governo. E quando ele diz “verdadeiro” forró, faz questão de dizer com muita ênfase, dando um recado àqueles que fazem o forró dito “moderno”: “Não há forró novo nem velho: o que tem é forró autêntico. Não tem música feia nem bonita, mas há música boa e há música ruim”, diz Alcymar, em tom provocador, mas sem citar nomes.

BAIXE AQUI

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!