Entrevista com Ari
09/03/2018 - 17h49 em Entrevistas

Admirador de Luiz Gonzaga, Ari optou por manter a tradição do forró de raiz, pé de serra autêntico. Compositor, assim como o mestre Luiz Gonzaga, tem sua inspiração para compor nas coisas mais simples da terra, no povo do sertão, nas belezas da natureza.

 

Iniciou sua participação artística como sanfoneiro, instrumentista sem voz, no entanto observou que o sanfoneiro é sempre e apenas o sanfoneiro, queria mais, começou a usar também a voz e rapidamente viu que poderia conciliar a sanfona e a voz, recebendo assim diversos elogios.

Já gravou dois CDs, o primeiro “Um Ensaio Diferente” gravado em 2010 e o segundo no ano de 2015 que foi produzido em Monteiro-PB, com 15 faixas recheado de composições inéditas e regravações de sucesso. Neste novo trabalho, o pernambucano contou com as participações especiais de Alceu Valença, Sevy Nascimento e Deijinha de Monteiro.

 

O forrozeiro ganhou destaque sendo o escolhido para interpretar o  artista circense Severo Filho, no filme “A Luneta do Tempo” de Alceu.  A drama musical que utiliza mitos populares da cultura brasileira para narrar uma historia cheia de encontros e desencontros, traições e amores, crimes e castigos no sertão pernambucano.

 

https://aridearimateaforro.wixsite.com/aridearimatea 

 

ASSISTA A ENTREVISTA EXCLUSIVA, GRAVADA NO CAIS DO SERTÃO NO RECIFE

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!